terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Trabalho no Astral 25/01/2016

Ontem, no CETO iniciamos nossos trabalhos no astral, onde a corrente e nossos guias se manifestaram  para ajudarem os necessitados, dando passes, ouvindo o que cada um necessita, dando-lhe auxílio, guiando nosso dia a dia e sem contar nas energias que nos transmitem.
Em todos os trabalhos, iniciamos com os irmãos lendo um trecho bíblico para confortar os corações de todos irmãos, encarnados ou desencarnados, que vão em busca de conforto.
 Ontem, as palavras foram em sua grande maioria em busca da valorização da nossa umbanda e da nossa casa. Que com alegria e felicidade todos busquem nelas, um refúgio e uma fortaleza nas dificuldades, agradeça sempre e as honrem nos momentos de felicidade. Lembrando sempre que Olorum (Deus) é maior que tudo.
Em virtude disso, estou colocando à disposição um pouco do que discursado ontem, que é de suma importância, os 7 sorrisos de um preto velho e as 7 lágrimas de um preto velho. Vamos refletir!


OS SETE SORRISOS DE UM PRETO VELHO    
    
O PRIMEIRO SORRISO: Vai para as pessoas que verdadeiramente veio em busca de Zambi e verdadeiramente o colocou em seu coração, vai para o médium que está sempre zelando por sua conduta e equilíbrio espiritual, quando um preto velho ou outra entidade chega ao terreiro, o mesmo trata com tamanho carinho.

O SEGUNDO SORRISO: É pelas crianças carnais que em muitas ocasiões estão presentes nas giras, o ambiente de alegria, amor e muito carinho, vai para aquelas pessoas que veio em busca da Paz para si e a todos os que estão a sua volta.

O TERCEIRO SORRISO: É pelos médiuns que estão dispostos a ajudar e zelar pela casa
de nosso pai que chegam cedo para ajudar, os que vem fora dois dias de trabalho para organizar a casa pela sua própria vontade e que muitas das vezes são os primeiros a chegarem nas giras e os últimos também a saírem.
O QUARTO SORRISO: É pela assistência quando olhamos para eles e vimos através de seus olhares, humildade, solidariedade, igualdade e vontade de receber a caridade, pois estes olhares são de sentimentos que brotam em nossos corações.

O QUINTO SORRISO: É pelo consulente que vem até junto de nós e fala:
HOJE MEU PRETO VELHO, NÃO VIM PARA PEDIR E SIM PARA AGRADECER A NOSSO PAI OXALÁ POR TUDO QUE RECEBI.

O SEXTO SORRISO: É pelo zelo com que o dirigente, tem por nossa mãe UMBANDA, pelos seus irmãos, por muitas vezes, por sua tamanha humildade não sabem a tamanha referência que é.

O SÉTIMO SORRISO: É por agradecimento aos Orixás e seus mensageiros, pois é por intermédio deles que Zambi, nos da oportunidade de podermos praticar a caridade e elevarmos em nossa vida espiritual.
AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO VELHO

Sentado num banquinho, um triste preto velho chorava. De seus olhos molhados, esquisitas lágrimas desciam-lhe pelas faces e não sei por que as contei...
Foram sete. Na incontida vontade de saber, aproximei-me e o interroguei. 
Fala, meu preto velho, diz ao teu filho por que externa assim tão visível dor?
E ele, suavemente respondeu:
Estás vendo esta multidão que entra e sai? As lágrimas contadas estão distribuídas a cada uma delas:

  A PRIMEIRA LÁGRIMA: Eu dei a estes indiferentes que aqui vêm em busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas não podem conceber...

A SEGUNDA LÁGRIMA: A esses eternos duvidosos que acreditam desacreditando, na expectativa de um milagre que os façam alcançar aquilo que seus próprios merecimentos negam...

A TERCEIRA LÁGRIMA: Distribuí aos maus, aqueles que somente nos procuram, em busca de vingança, desejando sempre prejudicar a seus semelhantes...

A QUARTA LÁGRIMA: Aos frios e calculistas que sabem que existe uma força espiritual e procuram beneficiar-se dela de qualquer forma, sem se sintonizarem com Deus...

A QUINTA LÁGRIMA: Chega suave, tem o riso, o elogio na flor dos lábios más se olharem bem o seu semblante, verão escrito: Crerei na espiritualidade, nos seus caboclos e nos seus mentores, mas somente se vencerem o meu caso, ou se me curarem disso ou daquilo...

A SEXTA LÁGRIMA: Eu dei aos fúteis que vão de templo em templo, não acreditando em nada, buscando aconchegos e conchavos com seus revelando um interesse diferente...

A SÉTIMA LÁGRIMA: Filho, notas como foi grande e como deslizou pesada? Foi à última lágrima, aquela que vive nos "olhos" de todos os mentores. Fiz doação dessa lágrima aos médiuns vaidosos, que só aparecem no templo em dia de festa e faltam as doutrinas. Esquecem que existem tantos irmãos precisando de caridade e tantos espíritos precisando de evolução...

Assim, filho meu, foi para esses todos, que vistes cair, uma a uma AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO VELHO, pois nós também sofremos com as aflições dessa humanidade esquecida de Deus e dos princípios mais rudimentares da Lei do Auxílio.

Não são lágrimas de mágoa, mas de esforço humilde para o cumprimento de uma missão bendita.



Saravá nossos filhos
Saravá nossa umbanda.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Trabalho de Oxossi!

Nossa singela homenagem a Oxossi. 
Sagrado Orixá do trono do conhecimento, que junto com Obá formam essa importante manifestação divina. 

Saravá nossos filhos
Saravá nossa umbanda



segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Abertura de 2016!!!!

O ano de 2016, promete, começamos fazendo uma limpeza e ao mesmo tempo uma firmeza!!! Que Olorum abençoe cada um neste ano e consigam dentro de seus merecimentos todos os objetivos e desejos traçados para esse ano.

Saravá nossos filhos
Saravá nossa umbanda.




sábado, 16 de janeiro de 2016

Novo Blog

O CETO conta com um novo meio de comunicação, um BLOG para interagir, contar um pouco de sua trajetória, novos projetos e pensamentos. http://cetopensamentos.blogspot.com.br/?m=1 prestigiem.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Oração a Ogum!

ORAÇÃO DE OGUM

Ogum meu pai 
Que sóis todo poder e bondade,
põe no coração do homem a força e a vontade, 
a fé e a coragem, 
abra nossos caminhos com a sua espada de guerreiro,
com seu escudo nos proteja de todos inimigos, 
que eles não possam nos fazerem mal, 
que pensamentos e pedidos negativos 
nunca nos alcancem 
e não tenha força para nos tocarem.
Em seu trono sagrado 
abençoe nosso caminhar, 
que em todos os dias nos ajude 
e nos proteja de todo o mal, 
nos abençoe na busca da evolução e nos de o conhecimento necessário para evoluirmos espiritualmente  e materialmente 
para que possamos fazer a caridade e assim ajudando nossos irmãos, 
na luz ou nas trevas, na terra ou no céu.
Rogai-nos sua benção 
e nos vista com seu manto sagrado cobrindo-nos de luz e iluminando nossos espíritos 
para que possamos ter a força de lutar e vencer todas as batalhas
a serem travadas 
e sairmos fortalecidos na fé, 
para louvarmos a ti cada vez mais dando todas as honras e glorias 
a nosso Pai e ao senhor  
em todos os momentos de nossa estadia na terra.

Amém.